O hipotireoidismo vai muito além do ganho de peso. Quer entender mais sobre o que é, o que causa e quais são os principais sintomas? Então confira tudo logo abaixo, neste artigo.

O que é o hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é um distúrbio da tireoide, que pode ser mais comum que você imagina. 

Ele ocorre quando a glândula conhecida como tireoide, localizada na região anterior do pescoço, ao redor da traqueia, produz níveis de hormônios menores do que o considerado normal, sendo assim insuficientes para as necessidades do organismo.

Entender esse problema, suas causas e como evitá-lo, é importante para garantir que esse problema não irá comprometer a sua saúde e qualidade de vida, já que pode gerar uma série de sintomas.

Mas, antes de falar sobre sintomas, vamos entender melhor o que pode causar esse problema? Vamos lá…

Principais causas do Hipotireoidismo

A glândula tireoide é responsável pela produção de 2 hormônios, sendo eles a T3, conhecida como triiodotironina e a T4, conhecida como tetraiodotironina.

Esses hormônios controlam, entre outras coisas, a forma como nosso corpo e organismo gastam energia.

E o hipotireoidismo acontece quando os níveis de T3 e T4 estão baixos. E isso pode acontecer por diferentes motivos em adultos, mulheres e crianças.

Nos adultos, por exemplo, o motivo que “origina” esse problema ainda é desconhecido. O que acontece é que o nosso organismo simplesmente começa a produzir anticorpos contra a tireoide lentamente.

Mas agora vamos entender outras causas comuns desse distúrbio? Veja abaixo!

Mulheres

As mulheres correm um risco maior de sofrer hipotireoidismo, se comparado aos homens, em razão de fatores hormonais.

O período durante e pós-gravidez, por exemplo, requerem maiores cuidados, já que podem aumentar os riscos de mulheres desenvolverem o hipotireoidismo.

Crianças

Nas crianças, por outro lado, o hipotireoidismo congênito é o tipo mais comum da doença. Isso acontece quando as crianças já nascem com a produção de hormônios T3 e T4 comprometidos.

O famoso teste do pezinho, que deve ser feito nos primeiros dias de vida do bebê, detecta o hipotireoidismo nos recém-nascidos, além de uma série de outras doenças. E, por isso, é um exame tão importante.

Medicamentos

O uso de uma série de medicamentos também pode contribuir para o desenvolvimento de hipotireoidismo.

Um exemplo de medicação que pode aumentar os riscos é o lítio.

Outros medicamentos que também podem induzir ao hipotireoidismo é o amiodarona, a propiltiouracil e o metimazol

Deficiência de Iodo

O iodo é um mineral com papel importante na produção de hormônios da tireoide. Sua deficiência no organismo, por outro lado, aumenta as chances de desenvolver o hipotireoidismo, assim como uma série de outras doenças.

Principais sinais associados ao hipotireoidismo

O hipotireoidismo costuma ser associado ao ganho de peso e também à dificuldade em perder os quilinhos à mais. 

No entanto, esse distúrbio pode causar uma série de outros sintomas também, como:

  • Sonolência e cansaço
  • Dificuldade para acordar
  • Intestino preso
  • Pele ressecada
  • Unhas quebradiças
  • Alterações do ciclo menstrual
  • Queda de cabelo
  • Dificuldade de raciocínio e concentração
  • Entre outros

Juntos, todos esses sintomas podem comprometer a sua qualidade de vida! E, por isso, é importante estar de olho.

Se o hipotireoidismo não for corretamente tratado, pode acarretar em redução da performance física e mental, além de elevar os níveis de colesterol, que aumentam as chances de problemas cardíacos.

Mulheres com idade mais elevada, acima de 55 anos, também devem redobrar a atenção com problemas de hipotireoidismo.

Tratamento do Hipotireoidismo

Como você viu, os sintomas do hipotireoidismo podem variar de pessoa para pessoa, assim como suas causas.

No entanto, uma coisa é certa: ter um acompanhamento médico e um tratamento assertivo é fundamental para garantir que a doença não agrave e não comprometa sua qualidade de vida.

Sendo assim, é fundamental que você consulte um médico e faça os exames necessários, para identificar os melhores e mais assertivos tratamentos, com base nos principais sintomas e também nas causas da doença.

Em casos de histórico familiar ou de operações na tireoide, é indicado que você consulte um médico regularmente.

Além dos sintomas que você sente, o diagnóstico de hipotireoidismo também é feito com base nos resultados do seu exame de sangue.

Quando os níveis dos hormônios T3 e T4 estão baixos, isso é alerta de disfunção na tireoide. Mas apenas um médico pode confirmar o seu diagnóstico e te orientar um tratamento mais assertivo.

Se você precisar realizar algum exame, o Laboratório Unidos pode te ajudar. Solicite um orçamento ou entre em contato com a nossa central de atendimento pelo número (48) 99177-7017.