Com a chegada do inverno, estação de temperaturas mais frias e secas, muitas pessoas tendem a sofrer com as alergias, principalmente as respiratórias.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS),  40% da população mundial sofre com algum tipo de alergia. Entre as complicações mais comuns estão justamente as alergias respiratórias – consideradas um dos maiores problemas públicos de saúde.

Por isso, hoje preparamos um artigo para você conhecer sobre as principais causas de alergias e as formas mais indicadas de tratamento. Confira: 

O que é alergia?

A alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico as possíveis ameaças e invasores, sejam elas substâncias ou agentes agressivos ao organismo.

Geralmente, as alergias são de origem genética, mas também podem surgir dependendo da exposição da pessoa aos reagentes como insetos, alimentos, fungos, pólen, pelos de animais.

A alergia pode  acontecer em qualquer etapa da vida e em todas as faixas etárias, sendo um fato que preocupa grande parte da população. 

Quais os principais tipos de alergias?

Os principais tipos de alergias que atingem a população são as respiratórias e alimentares.

  • Alergias respiratórias

As alergias respiratórias afetam grande parte da população, que, por sua vez, são doenças crônicas que acometem as vias respiratórias causando complicações para o indivíduo.

As principais alergias respiratórias são a asma e a rinite alérgica. As alergias respiratórias podem ser desencadeadas por ácaros, poeira, mofo, pólen das plantas, fumaça e poluição.

  • Alergias alimentares

Muitas pessoas sofrem com reações adversas aos alimentos, mas na sua maioria elas surgem pela intoxicação via ingestão das toxinas presentes em determinados tipos de comida. 

As alergias alimentares tendem a desaparecer com o tempo e com o tratamento correto, outras já acompanham o indivíduo durante toda a vida. 

Alguns alimentos podem causar alergia, são eles: ovo; amendoim; frutos do mar; trigo; frutas cítricas e chocolate.

Entre as principais reações alérgicas estão:

  • Reações dermatológicas: inflamações e surgimento de manchas avermelhadas na pele (Urticárias e Dermatite);
  • gastrointestinais: dores e desconforto estomacal;
  • anafilaxia: Inchaço causado pela exposição demasiada ao alérgeno.

O que pode causar alergia?

As substâncias responsáveis pelas alergias são chamadas de alérgenos. Conheça os tipos mais comuns:

  • Picadas de insetos;
  • Suor;
  • Bijuteria;
  • Intoxicação alimentar;
  • Medicamentos ou alimentos;
  • Plantas ou pelos de animais;
  • Roupas, cintos ou a alguns tipos de tecido como lã ou jeans;
  • Substâncias ou materiais irritantes como detergente, sabão de lavar roupa, produtos de beleza e cosméticos, maquiagem, shampoo, desodorante, gel de banho, sabonete, cera ou mesmo ao creme depilatório.

Como é feito o diagnóstico das alergias?  

Para o diagnóstico da alergia é importante conhecer a história clínica do paciente. 

No geral, os métodos mais utilizados no diagnóstico da causa da doença são feitos por meio de análises clínicas e testes laboratoriais

Os exames mais precisos para esse fim são os seguintes:

 

  • testes de leitura imediata e de contato com a pele;
  • exames laboratoriais de IgE total e IgE específica no sangue;

 

  • testes de provocação.

Como fazer o tratamento da alergia?

O alergologista, que é o médico especialista em  fazer o  diagnóstico e o tratamento das alergias, faz o processo de identificar a que tipo de substância a pessoa é alérgica, por meio de uma série de testes e de exames. 

Uma vez identificada a causa, o tratamento pode variar. No caso da alergia alimentar e a medicamentos, a solução mais eficaz é evitar os alergénios.

Existem vários medicamentos (remédios) que permitem aliviar sintomas, mas nos casos mais graves das alergias respiratórias, por exemplo, o tratamento mais eficaz é a imunoterapia.

A imunoterapia engloba o uso de vacinas para tratar pessoas que tenham alergias graves, que podem causar problemas de saúde como asma, rinite e a anafilaxia. Esse tratamento permite aos pacientes passarem vários anos sem sintomas de alergias.

Se você deseja realizar um exame para diagnosticar algum tipo de alergia, marque um horário e realize o procedimento em uma das nove unidades do Laboratório Unidos. Será um prazer cuidar da sua saúde.